Dia do Chocolate! Comer chocolate faz bem? Venha descobrir!


Não é preciso comer um caixa de bombom inteira para contar com os benefícios do chocolate. Cerca de 30g da versão composta por, no mínimo, 70% de cacau são suficientes para adoçar a vida e obter doses diárias de flavonoides, antioxidantes e polifenóis que fazem bem à saúde.


Reunimos cinco bons motivos cientificamente comprovados para comer chocolate todos os dias: 1. Chocolate faz bem à saúde


  • Verdade. Segundo a nutricionista Sabrina Longhi, da Clínica de Especialidades Integrada, “o chocolate possui flavonoides que reduzem o risco de doenças cardiovasculares, propiciam melhora do fluxo sanguíneo, reduzem a pressão arterial e melhoram os níveis de colesterol ruim”. A nutróloga Liliane Oppermann completa: “O cacau ainda contém antioxidantes que previnem o envelhecimento da pele”.

2. Comer chocolate pode ajudar na perda de peso?

  • Verdade. “Estudos recentes apontam que os ácidos fenólicos presentes no cacau podem ajudar no processo de emagrecimento. Estas substâncias interferem na produção da leptina, o hormônio da saciedade, e ainda queimam mais calorias. Outra pesquisa sugere que o cacau pode inibir o organismo a estocar gordura”, diz Sabrina.

3. Mulheres sentem mais vontade de comer chocolate no período pré-menstrual

  • Verdade. “O chocolate estimula a liberação de serotonina e dopamina, neurotransmissores que costumam apresentar alterações neste período, provocando cansaço, ansiedade e tristeza”, explica Liliane. Os benefícios acabam estimulando o consumo do doce neste período de forma instintiva.

4. Chocolate branco não possui benefícios para a saúde


  • Verdade. “O chocolate branco é produzido através de uma mistura de manteiga de cacau com outros ingredientes, como leite e açúcar. Como não possui massa de cacau, ele não contém as propriedades encontradas no chocolate preto amargo ou meio amargo. Ainda é mais calórico e rico em gordura saturada”, diz Sabrina.

5. Evita o estresse


  • Verdade. O chocolate pode reduzir os níveis de cortisol após duas semanas de consumo diário. Conhecido como hormônio do estresse, o cortisol pode alterar a produção hormonal, aumentar processos inflamatórios e a pressão sanguínea.


10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo